Links Menu

Jovem pesquisadora recebe bolsa para estudar em universidade estadunidense

Graças à pesquisa científica, Maria Vitória Valoto se prepara para estudar Biotecnologia nos Estados Unidos.

A aluna egressa do Colégio Interativa Maria Vitória Valoto, de 18 anos, foi aprovada na Alma College, em Michigan, nos Estados Unidos, com uma bolsa de estudos de 95% para o curso de Biotecnologia. A conquista foi resultado do sucesso nas provas, mas, principalmente, da pesquisa científica desenvolvida pela estudante desde o ensino médio.

Para Maria Vitória, estudar no exterior nem sempre foi um sonho. “Eu sempre me imaginava fazendo faculdade aqui no Brasil, mas percebi que o vestibular avalia somente o que cai na prova, não leva em conta outros fatores. Então eu decidi buscar algo que valorizasse minha dedicação à ciência e à pesquisa, e as universidades dos Estados Unidos buscam esse tipo de atividade que vai além do desempenho em provas”, conta a estudante.

O interesse pela pesquisa surgiu com a disciplina de Iniciação Científica do Colégio Interativa, obrigatória no Ensino Fundamental II, em que os alunos têm a oportunidade de investigar, por meio da ciência, assuntos que os instigam. Maria Vitória, no entanto, foi além e continuou sua pesquisa no Ensino Médio, o que a levou a diversas feiras científicas – entre elas a Intel ISEF, a maior do mundo, que trouxe à estudante o título de primeira mulher brasileira a participar de três edições consecutivas.

A Alma College foi a primeira a liberar o resultado entre as dez universidades estadunidenses para as quais Maria Vitória se candidatou. Mesmo com a enorme conquista, a jovem aguarda ansiosa a resposta das outras instituições para fazer sua escolha. Mas, sabendo do resultado positivo de uma das universidades que escolheu, já tem a certeza de que vai representar muito bem o Brasil nos Estados Unidos!

 

Voltar

Outras notícias
© 1986/2019 Interativa Londrina.